Amor Própio

Mais amor própio!

Ter amor própio não é ser egoísta

A jornada de descobrir a si mesma é a jornada mais importante de sua vida. Esta jornada começa com o amor próprio. 

Porque é que ter amor própio é tão importante? 

Vivemos em uma sociedade que tem ideais moldados pela mídia, e esses ideais nem sempre (quase nunca) são realistas. A falta de amor própio nos leva a constantemente nos clocarmos abaixo de todos, principalmente quando não nos enquadramos nestes “ideais” da sociedade. Os padrões de beleza são tão pouco realistas que as mulheres estão cada vez mais a fazer tudo e qualquer coisa para se adequarem a estes tais padrões.

Devido a esses padrões, às vezes acabamos por não nos apreciarmos , vivemos frustradas prejudicando-nos  fisicamente e mentalmente. Passamos muito tempo a tentar ser a mulher perfeita (de acordo com a sociedade) que nos esquecemos da nossa essência  ao longo do caminho.

Uma mulher que ama a si mesma sabe que ela é preciosa e conhece seu valor, cuida de si mesma, da sua saúde e cuida daqueles que a rodeiam.

Sinais que você não está a praticar amor próprio 

  • Constantemente se coloca abaixo de outras pessoas
  • Se “conforma” com os padrões que a mídia lança para si
  • Não acredita em suas próprias capacidades
  • Se compara com os outros constantemente
  • Tem baixa auto-estima

Se tu te identificaste com qualquer um dos pontos acima, então é hora de mudar a maneira como você olha para si mesma. Quando você se ama, investe em si , por si . A maneira como você cuida de si mesma refletirá sua própria beleza e singularidade.

Se tu queres aprender a iniciar esta nova jornada de amor própio, siga, porque haverá mais posts aqui no blog sobre o amor próprio. Irás aprender a se apreciar mais ao aplicares cada desafio que será colocado diante de ti!

Você é linda e única, e ja está mais do que na hora de perceberes o teu valor!

Até ao próximo post!

Xo, Iri

Facebook Comments
Please follow and like us:

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.